quinta-feira, 15 de março de 2012

Gráficos e mais gráficos

Olá a todos! Tudo bem? Espero que estejam melhor do que eu. Ok. Vamos ao post de hoje.


 Todo o ano é a mesma coisa. Sempre tem alguma empresa que vai lançar um jogo e a única coisa que ela evolui no jogo são os gráficos. E por que eles fazem isso? Porque existem muitas pessoas hoje em dia que acreditam que um sinônimo de grandeza para um jogo é apenas nos gráficos. Um jogo é apenas bom se ele funcionar nas configurações máximas de seu computador. O que é uma visão muito errada, na minha opinião.
 Quando eu vou analisar um jogo eu sempre tomo    quatro conceitos base para análise, e são eles:

 1º História: 
     O enredo funciona bem? 
     Evolui bem? 
     É uma história bem contada? 
     Possui falhas no clímax ou no desfecho?
     Etc.

 2º Personagens:
     Eles são bem trabalhados? 
     Encaixam bem na história do jogo? 
     Conseguem criar uma identidade com o jogador?
     Etc.

 3º Diversão:
     O jogo tem uma jogabilidade fácil ou difícil?
     Possui comandos de fácil acesso para jogadores novos? 
     Ainda mantém a mecânica clássica para jogadores mais veteranos?
     O multiplayer funciona bem?
     Etc.
  
 4º Gráficos:
     Os cenários e os personagens são bonitos, detalhados e polidos?
     Possui alguma espécie de falha?
     Funcionam bem ou pesam atrapalhando na jogabilidade?
     Etc.

 Toda vez que eu vou fazer uma análise de qualquer jogo que seja eu uso esses critérios para fazer a análise. Os gráficos podem ser a primeira coisa que eu vejo, mas é a última coisa que eu analiso, pois eu creio que um gráfico ruim não consegue atrapalhar muito se o resto do jogo for bem trabalhado. Eu sou da geração 8-bit. Vi toda essa evolução dos consoles e eu tenho de admitir que é incrível o tanto que as pessoas conseguiram evoluir em tão pouco tempo, mas não é só isso que tem de ser levado em conta em um jogo.
 Claro que é muito melhor se jogar um jogo tão bonito quanto Battlefield 3 do que um jogo como Too Human, por exemplo. Porém se um jogo é bem trabalhado, evolui bem, consegue criar uma história épica com personagens mais épicos ainda, os gráficos podem sim ficar em segundo plano. Tome como exemplo jogos como Skyrim e FallOut: sim, eu sei que esses jogos possuem gráficos excelentes, mas eles também possuem uma enorme quantidade de falhas imensas por causa que o jogo se passa em um mundo imenso, repleto de coisas, com isso os gráficos muitas vezes não suportam e então os bugs acabam tomando conta do jogo por algumas vezes. Porém isso é algo totalmente descartado. É como se um pernilongo atacasse um megazord. 

 Um bom jogo procura primeiramente criar uma diversão e uma história excelentes para as pessoas que irão jogar. Não estou dizendo que os gráficos devem ficar no último plano das empresas na hora de produzir um jogo. Só quero dizer que um jogo vai muito além disso. As produtoras de hoje em dia não podem ser tão frios ao se focarem apenas na beleza estética. Eles também devem lembrar que existem pessoas que jogam seus jogos, e pessoas que procuram muito mais além de um "rostinho bonito".

É isso aí galera! Se cuidem, até semana que vem e bons jogos!

@Kirilko


Nenhum comentário: