domingo, 17 de julho de 2011

Filmes e jogos: combinação IMPERFEITA

aaaaala galera! Tudo bem? Espero que sim! Estou aqui já bem recuperado da minha cirurgia de quinta, tomando os remédios tudo certinho e com uma recuperação boa. Infelizmente, 100% apenas quinta feira. Mas tá, vamos lá! Hoje eu vou falar sobre duas indústrias que são GIGANTES hoje em dia nos mercados mundiais, arrecadam bilhões... NÃO! Trilhões... NÃO! ZILHÕES (brinks) de dólares por ano! O cinema que é considerado por muita gente a 7ª arte e o videogame que foi considerado recentemente pelo governo dos Estados Unidos da América uma forma de manifestação artística (CHUPA SOCIEDADE!!) e juntos, esses dois podem fazer um "estrago" não? Claro que podem, mas pena que na realidade eles apenas fazem um estrago no sentido literal da palavra fazendo filmes de jogos cada vez piores e jogos de filmes com algumas das piores notas.

Acredito eu que a única fusão "decente" de filmes e jogos foi o filme "Gamer" estrelado por "Gerard Butler". O filme não foi baseado em nenhum jogo, mas é muito legal a maneira como ele retrata os jogos em um futuro caótico no mundo em que vivemos. Uma criação que, na minha opinião, rendeu um dos melhores filmes de ação que eu já vi.





Vou fazer aqui uma análise de jogos que viraram filmes e filmes que viraram jogos.

OS JOGOS QUE VIRARAM FILMES.

São incontáveis. Mesmo. Desde a década de 90, quando os videogames começaram a atingir seu ápice com o Super Nintendo, a indústria de filmes começou a surgir com a ideia de fazer filmes de jogos. A ideia era boa, rentável e ao que tudo parecia, iria agradar a todos. Bem... Iria. Até iria agradar, se não tivessem feito ISSO:

"Street Fighter" com Van Damme. Acho que é por causa desse filme que eu não gosto tanto dele.





"Mortal Kombat" não tinha muitos atores famosos e rendeu muitos filmes. Mas todos MUITO meia boca.





Mas eles foram apenas o começo.

Logo depois deles tivemos MILHARES de filmes de jogos. Alguns bons e outros péssimos. Nenhum chegou a ser excelente. Um ou outro chegou a ser ótimo, mas ao que dá a parecer é que os roteiristas que são contratados para escreverem os roteiros do filmes sobre jogos, são muito poucos os que se dão o trabalho de jogar o jogo para saber sobre o que se trata. E alguns, eu acho, fumam crack jogando ou nem se deram ao trabalho de ler alguma coisa sobre o jogo. Exemplo? Olhe os dois vídeos abaixo do jogo "House of the Dead" e do filme "House of the Dead".





TUDO A VER, NÉÉÉÉÉ?

Mas se eu for falar apenas da escória dos filmes de jogos o post não acaba hoje. Agora vou falar de 3 filmes bons de games que fizerram (na minha opinião). Que ao menos tentaram ser fiéis a história apresentada no jogo.

Tomb Raider





Nota: Bom...

Max Payne





Nota: Bom/Ótimo

Hitman: Assassino 47




Nota: Ótimo

Agora o outro lado da moeda...

OS FILMES QUE VIRARAM JOGOS.

Esses dias eu estava fuçando na internet e procurando algums jogos baseados em filmes. Existem vários também. Basicamente todo filme que pode ser aproveitado e criado um jogo de si, assim é feito. O problema é que nem sempre o jogo acaba cumprindo as expectativas esperadas ou, se o filme foi bom, consegue conquistar a mesma fama do filme. Ás vezes os produtores dos jogos devem mudar muita coisa em pró de uma jogabilidade divertida e gostosa para quem for jogar. Posso dar um exemplo? O último Harry Potter, lançado essa sexta feira. O filme, ao que parece, ainda não assisti, terá muita ação e muitos confrontos. Os produtores então resolveram aproveitar isso, mas aproveitaram até demais e a jogabilidade do (provável) último jogo da série "Harry Potter" é MUITO parecido com o jogo "Gears Of War". Dúvida? Dá uma conferida abaixo.

Harry Potter and the Deathly Hallows Part 2 (puta nome complicado)



Gears of War



Observe as cenas de ação dos dois jogos. Algo MUITO parecido, não? Mas até onde eu sei os outros jogos da série "Harry Potter" não foram assim, mas também seguem a dogma dos outros jogos feitos de filmes: não é bom. Vai agradar mais mesmo quem é fã da série, mas se o jogo tem algum objetivo de levar mais fãs a série, peca muito. Alguns outros jogos que também falharam FEIO se baseando em filmes.

Homem de Ferro



Homem Aranha 3



E claro, o "melhor" pro final. O que dá em um jogo baseado em um filme horrível? Um dos piores jogos de todos:

Street Fighter The Movie



Eu não consegui passar dos 3mins de vídeo. Ridículo.

"Luuuuucas! Qual é o melhor jogo baseado em filmeeeee??"

Esse:



Eu lembro que eu ganhei de aniversário essa fita quando eu era criança e NÃO PARAVA DE JOGAR. Nunca farão outro jogo de filme tão bom quanto esse.

E agora... A parte especial do blog.

A FUSÃO CERTA!

"Como assim 'fusão certa', Lucas? "

Simples: uma certa época algumas empresas de jogos resolveram apostar em fazer uma coisa bem simples, sabe? Assim, eles contrataram atores para fazerem o papel principal dos personagens nos games. Vin Diesel (Velozes e Furiosos), Dwayne "The Rock" Johnson (Doom, Com as Próprias Mãos) e até mesmo Jean Reno (A Pantera Cor-de-Rosa, O Código da Vinci, Ronin e O Profissional). Tudo bem que os jogos deles não foram um MEGA SUCESSO de vendas, mas foram bons jogos! Eu, pessoalmente, gostei de todos. Vou colocá-los aqui embaixo:

Vin Diesel é o herói em "The Wheelman"



The Rock aparece com uma fusão de "Rambo" e "James Bond" em "Spy Hunter - Nowhere to run"



Jean Reno faz de tudo para salvar seu filho e o mundo em "Onimusha 3: Demon Siege". (OBS: Dizem que o ator que fez Liu Kang no filme "Mortal Kombat", que o trailer tá no início do post, também faz parte desse jogo como o personagem principal. Não achei nenhuma informação que confirmasse isso).



E é isso aí galera!

O post de hoje foi comprido, foi mais demorado do que o esperado, mas valeu a pena. Acho que ficou legal. Qualquer coisa deixem nos comentários. Se cuidem e bons jogos!

@Kirilko

(Em homenagem ao fim de "Harry Potter", um gif da atriz que faz a Hermione. SUA LINDA!)


Nenhum comentário: