quinta-feira, 26 de maio de 2011

Um quase adeus

Olá pessoas, tudo bem?

Ainda se lembram de mim? Hauhaua

Primeiramente queria me desculpar pelo sumiço monster... E dizer que a minha freqüência de postagens vai ser bem reduzida daqui pra frente, isso se ela não se extinguir de vez.

Motivo 1: a faculdade agora tá bem apertada, porque entrei num projeto de iniciação científica, então até o meio do ano eu tenho que terminar de escrever um artigo. Depois desse, vou continuar na iniciação, então vou acabar escrevendo outro a partir do meio do ano. Ou seja, não vou ter descanso –aliás, vou ter que sacrificar as terças-feiras das minhas míseras três semanas de férias em julho pra fazer o maldito projeto.

Motivo 2: To fazendo aulas de futsal na facul 3 vezes por semana. Ou seja, o tempo que eu poderia ler notícias sobre esporte e montar um post elaborado, eu to usando pra treinar.

Motivo 3: eu montei uma banda. Sim, caro leitor, é uma banda de rock. A gente ensaia nos fins de semana, tempo este que eu poderia também utilizar com estudos da faculdade ou com o blog.

Como vcs podem ver, tá feio o negócio. Não sei se vou continuar com todas as atividades até o fim do ano... certamente alguma delas eu vou ter que cortar em algum ponto.

Mas enfim, eu não queria que esse post fosse uma despedida do blog, mas me parece que vai ter que ser. A não ser que eu poste aqui de vez em quando, beeem esporadicamente.

Agora falando do futebol, muitas coisas aconteceram:

1º) Começou o Campeonato Brasileiro, considerado o mais competitivo do mundo;

Meu time começou bem, então, to tranqüila por enquanto. Vamo Verdão!

2º) A Copa do BR está chegando ao fim, e as duas equipes finalistas são Vasco e Coritiba;

To com ódio momentâneo do Coxa, e, no rio, simpatizo com o Vaxxxco, então, to torcendo pro time carioca.

3º) O Santos é o único representante brasileiro na Libertadores, e em partida ocorrida ontem, venceu o Cerro Porteño em casa por 1 a 0, levando a vantagem para o Uruguai. O time da vila está a um passo da final.

Cara, eu acho muita hipocrisia esse povo que fala que tal time é “o Brasil na Libertadores”, por ser o único time do país que continua na competição, e daí supõe que todos os brasileiros deveriam torcer pra aquele time. De jeito nenhum! Torço pra um time só, e esse time se chama Palmeiras. Posso simpatizar ou ter um carinho por outros, do meu país mesmo, mas nenhum a ponto de eu torcer a favor. Só se isso for beneficiar o time para que REALMENTE torço. E não acho graça no Santos ganhar essa Libertadores, na verdade to torcendo pra essa merda perder. Prontofalei.

É isso aí galera, com essas grosserias sinceras que eu me despeço hoje. Huahauhua

E só um aviso: foi muito legal esse tempo que andei postando aqui. Se chegar ao fim mesmo, espero que saibam que eu curti pra caramba. E espero que eu tenha rancado ao menos umas risadas de vcs com esses meus posts insanos. :D

Até mais ver!

Beijundas!

Ray ;D

Nenhum comentário: