quinta-feira, 14 de abril de 2011

Preconceito: até onde vai o seu?

Olá povão, como vcs tão?

Semana passada não postei pq tava cheia de coisa pra fazer, e a tendência daqui pra frente é meus posts ficarem cada vez mais escassos... eu sei, vcs vão sentir minha falta pacas, mas fazer o quê né, tenho q lidar de atender todos os meus fãs... hauhauhau #brinks

Na verdade também fiquei abalada com o caso dos estudantes assassinados covardemente na escola de Realengo no RJ, e não estava com muito saco pra pensar em mais nada do que refletir sobre esse horror cometido contra crianças inocentes...

Primeiro de tudo, estou num momento de amor com o futebol. Meu dois alvi-verdes jogaram bem:

Verdão ganhou de 2 a 1 do Sto. André; e

Arapongão ganhou de 4 a 0 do Paranavaí em casa, no novo Estádio dos Pássaros, que agora parece finalmente apto a receber partidas de futebol. Aleluia!

Agora o Arapongas ocupa o 4º lugar na tabela. Se o time terminar a competição no G-4, será um saldo muito positivo para o futebol da cidade e do norte do estado de forma geral :D

Detalhes da partida em: http://www.arapongao.com/noticia/174

Mas hoje vou falar de um assunto polêmico: preconceito, mais especificamente, homofobia.

A intolerância e a ignorância estão presentes até no meio esportivo. RecentemLinkente, um atleta do Vôlei Futuro foi hostilizado pela torcida do time do Cruzeiro, em partida ocorrida em Contagem – MG. Veja o vídeo da notícia:


O clube Cruzeiro vai ser multado em 50 mil reais, e ainda deve sofrer mais punições. Mas será que isso basta pra ensinar a lição de que preconceito é uma coisa desprezível?

Não vou ser hipócrita a ponto de dizer que não tenho preconceito, e acredito que todos têm, mesmo que seja no seu interior, e mesmo que vc não admita. Mas daí ridicularizar uma pessoa que não estava fazendo nada pra ninguém, estava apenas em quadra, fazendo seu trabalho, eu acho o cúmulo da ignorância. Espero sinceramente que haja punições mais diretas pra essa torcida de infelizes que provocaram um ser humano no exercício de sua profissão.

Comentem!

Beijundas,

Ray ;D

Nenhum comentário: