domingo, 26 de setembro de 2010

Idiotice tem limite

E daí galera! Tudo bem? Espero que sim! Hoje no blog eu vou falar sobre um assunto sério envolvendo os games: as idiotices que as pessoas fazem. O post de hoje foi inspirado por uma notícia que li enquanto pesquisava coisas pro meu seminário da faculdade, outra notícia que lí ontem quando procurava um negócio pra gravar um jogo e uma outra notícia que me veio a lembrança quando li essas. Primeiramente eu estava todo feliz pesquisando sobre o jogo "Dante's Inferno" para o meu seminário onde eu vou falar sobre livros que viraram jogos de videogame. É um tema bem interessante e meu professor gostou dessa minha ideia. Tá, falando da notícia, encontrei no Google imagens de um protesto que teve em frente a Eletronic Arts nos EUA esse ano perto do lançamento do jogo "Dante's Inferno" onde pessoas da igreja estava com cartazes chamando a empresa de anti-cristã, que estavam fazendo propaganda do satanismo com esse jogo e que é uma maneira de transformar o diabo em herói. Pessoas IGNORANTES, ESTÚPIDAS, ESTRUPÍCIAS dá nisso. O jogo "Dante's Inferno" foi baseado no livro "A Divina Comédia" escrito lá pra 1300. No jogo Dante ANDA pelo inferno DERROTANDO DEMÔNIOS sendo que ao fim do jogo (desculpem o spoiler) Dante DESTRÓI LÚCIFER, ganha a redenção pelos seus pecados e entra no céu. Por isso que eu falo pra eles irem arranjar coisas pra fazer, porque ficar falando de coisas que não sabem não dá. Já a notícia que eu li ontem abrange um pouco os jogos. Eles falam de "Devil May Cry", "Bayonetta", "Darksiders", "Dante's Inferno", "Devil Summoner" e entre outros jogos. Não vou falar de "Bayonetta" pois ainda não joguei o jogo e eu também já falei de "Dante's Inferno". Vou falar então dos outros três começando pelo "Devil May Cry": Nesse jogo, é contada a história de Dante, um rapaz meio demônio e meio homem que tem como seu pai, Sparda, um demônio que de sua vida para salvar os humanos da destruição total. Dante segue os caminhos de seu pai e vive sempre enfrentando demônios para proteger a humanidade de sua destruição total. Ou seja, um demônio que abandonou suas origens para salvar a humanidade. Realmente uma adoração a satã, né? Agora vamos falar de "Darksiders": Nesse jogo existe uma guerra entre o céu e o inferno na Terra que poderá causar o apocalipse. Então, um dos quatro cavaleiros do apocalipse é acordado antes do previsto e vem para a Terra. Ele não escolhe um lado para lutar, apenas sai pelo mundo derrotando todos os que aparecem em sua frente. Pelo caminho ele faz acordo tanto com anjos quanto com demônios para conseguir ajuda para realizar suas missões, os chefões das fazes, em sua maioria, são demônios, ou seja, pelo jogo você destrói mais demônios do que anjos e ao final do jogo, o pacto final é feito com os anjos, mas os outros 3 cavaleiros descem (podendo causar o verdadeiro apocalipse, quem sabe na continuação do jogo saberemos disso). Agora o último, "Devil Summoner": Esse jogo é o que mais tem relação com demônios. Um detetive tem o poder de conseguir aprisionar demônios e usar seus poderes ao seu favor para conseguir desvendar seus mistérios. Os demônios estão espalhados pela Terra, mas apenas poucos seres humanos conseguem os enxergar (nesse caso eu considero aquele fato de que certas religiões dizem que o Inferno é a própria Terra). Um grande ditador aparece para tentar governar o mundo com um exército fortíssimo, e, com algumas investigações, você percebe que certas coisas que acontecem tem uma ligação direta com ele. (outro spoiler agora) Ao fim do jogo você descobre que esse grande ditador é Lúcifer em si e você precisa usar os demônios que tem ao seu poder para tentar derrotá-lo. Ou seja, você captura seres do mal e os usa para o bem. Agora que vocês já viram isso, hora de mandar a última notícia: Alguns anos atrás, logo após o lançamento de Grand Theft Auto (GTA) IV, um homem matou um taxista com várias facadas na Tailândia. Quando perguntado o por quê que ele fez tal ato, o rapaz respondeu: "Eu queria saber se roubar um taxi na vida real é tão fácil quanto no jogo "GTA IV". Sem comentários. O jogo foi proibido na Tailândia e mais em alguns outros países que não me recordo agora. E, eu não joguei, mas pelo meu conhecimento do jogo "GTA IV", não existe nenhum demônio ou coisa do gênero dentro do jogo, e uma coisa dessas aconteceu. Bem, agora quero deixar minha opinião aqui: Não sigo uma religião, até acho esse negócio de religião uma ideia errada das mensagens de Jesus Cristo. Não gosto desse negócio de satanismo e faço minha oração para Deus todas as noites antes de dormir. Isso, acredito eu, tenha sido uma maneira da igreja chamar atenção da mídia e isso é ridículo. Não tinha o por quê de ter feito todo esse estardalhaço. Essa instituição não tinha muita moral comigo, agora é que perdeu o resto mesmo. Ridículo. Eu deixo minhas desculpas pra você pessoa que tem uma religião e não tem nada a ver com isso, mas convenhamos que se tivessemos de parar de fazer tudo aquilo que a igreja diz que é satânico, teríamos de viver 24 horas na igreja e dar 10 reais lá todo dia. Bem, é isso aí. Eu fiquei realmente chateado com isso e tinha de falar em algum lugar, e acabei lembrando do meu espaço de games aqui no blog. Se não gostou, tudo bem, respeito a sua opinião. Só não precisa me xingar, ok? Agora vou indo nessa e vou deixar aqui uma análise pra você que fiz após acordar! Um abraço!


ANÁLISE:





Jogo: Battlefield Bad Company 2
Gênero: Ação e Tiro em Primeira Pessoa
Distribuidora: Eletronic Arts
Censura: Adolescentes e maiores de idade
Plataformas: PC, Xbox 360, PS3



Nenhum comentário: